Quem Foi John Lennon

John Lennon

John Winston Lennon nasceu em 9 de outubro de 1940. Seu pai trabalhava num navio e ficava longos períodos ausente. Sua mãe, sem condições de criá-lo, entregou-o aos cuidados da irmã Mary e do cunhado George Smith. Aos seis anos, John já cantava no coro da igreja. Na escola, apresentava talento literário e apreciava a leitura de Lewis Carroll e Richmal Crompton.

Em 1955, John montou uma banda chamada The Quarry Men e dois anos depois Paul McCartney uniu-se ao grupo. A dupla formada por John e Paul era perfeita para escrever canções e daria origem aos Beatles.

Em agosto de 1962 John Lennon casou-se com Cynthia Powell e com ela permaneceu até 1969 quando se uniu a Yoko Ono, figura forte e misteriosa, a quem muitos responsabilizam como a causa da desagregação do grupo.

Lennon foi assassinado com cinco tiros, por um “fã”, chamado Mark Chapman, que horas antes havia pedido seu autógrafo, no dia 8 de dezembro de 1980, em Nova York.

Frequentemente Lennon é apontado como a cabeça pensante dos Beatles e o mais preocupado com as questões sociais de seu tempo. Em “O Poder das Barricadas, Uma Autobiografia dos Anos 60”, do escritor marxista Tariq Ali, é revelado mais detalhadamente esse viés da vida de Lennon em uma longa entrevista realizada por ele, em 1971, com o título “Poder ao Povo”.

Carreira solo

Carreira solo


Com o fim dos Beatles, Lennon continuou carreira solo, com a participação de Yoko. Lançou, entre outros, “Plastic Ono Band” (1970), “Imagine” (1971), “Mind Games” (1973), “Walls and Bridges” (1974), “Rock ‘N’ Roll” e “Shaved Fish” (1975). Em 1975 interrompeu a carreira para se dedicar à família após o nascimento do filho Sean Lennon. Voltou ao estúdios em 1980 e lançou “Double Fantasy”, seu último disco. Em 1982 ganhou postumamente o Grammy por “Double Fantasy”. E também postumamente é lançado, entre outros, “Milk and Honey” (1984), “Live in New York City” (1986, gravado em 1972), “Rock ‘N’Roll and Walls and Bridges”(1986), “Acoustic” (2004).

Lennon travou batalha jurídica com o Departamento de Imigração norte-americano, desde 1971 quando se mudou para Nova York, e radicalizou seu discursos e sua luta pela paz. Tornou-se amigo de ativistas de esquerda como Jerry Rubin e Abbie Hoffman, além de se aproximar de lideranças dos Panteras Negras. A administração Nixon tentou deportá-lo, mas em 1972 ele conseguiu o visto de permanência. Estava no índice das pessoas investigadas pelo FBI, fato só admitido após a sua morte.

Os Beatles

Os Beatles


The Beatles: conheça 10 obras sobre a banda que revolucionou a música - DeUmZoom
O grupo Beatles foi um dos maiores fenômenos da música popular de todos os tempos. Ao longo de apenas oito anos, os Beatles mudaram a face do rock and roll, criando uma linguagem musical única e influenciando profundamente o comportamento dos jovens de sua época.

Alguns de seus maiores sucessos foram: “Love me do” (1962); “She loves you” (1963); “I Want you Hold your Hand” (1963); “Can’t Buy me Love” (1964); “A Hard Day’s Night” (1964); “Help!” (1965); “Eleanor Rigby” (1966); “Penny Lane” (1967); “Strawberry Fields Forever” (1967); “All you Need is Love” (1967); “Hey Jude” (1968); “Revolution” (1967); “Don’t Let me Down” (1969); “Something” (1969); “Let it Be” (1970). George Martin foi o produtor responsável pela maioria dos discos dos Beatles, tanto que era chamado de “o quinto beatle”.

Discografia

Discografia

A discografia dos Beatles lançada no mundo todo se compõe de 22 compactos e 13 LP’s oficiais. Mas os discos lançados em diversos países têm repertórios diferentes das edições originais inglesas, isso porque as gravadoras locais faziam seleções incluindo faixas que tinham sido bem-sucedidas nos discos anteriores. No Brasil, a partir de “Help!”, seguiu-se os originais ingleses.

O nome Beatles faz um trocadilho com “beetles” (besouros) e “beat” (batida ou compasso ritmado). Todos os integrantes do grupo: John Lennon, Paul McCartney,George Harrison e Ringo Starr , nasceram na cidade de Liverpool, na Inglaterra. O empresário do grupo, Brian Epstein foi quem descobriu os rapazes, vendo-os tocar num “pub” chamado “The Cavern Club”.

O grupo gravou nos estúdios Abbey Road o compacto “Love me do”-“P.S. I Love You”, com canções de Lennon e McCartney, lançado em 05 de outubro de 1962 pela Parlephone (EMI) e atingiu o número 17 nas paradas de sucesso inglesas.

Em 1963, John Lennon e Paul McCartney foram eleitos os melhores compositores do ano. Aumentou o número de shows e suas músicas não paravam de ser tocadas nas rádios. No ano seguinte os Beatles conquistaram os EUA.

A fama do grupo interessou a indústria cinematográfica e não demorou para os quatro rapazes de Liverpool aparecerem na grande tela do cinema nos filmes: “A Hard Day’s Night” (1964), direção de Richard Lester; “Help!” (1965), do mesmo diretor; “Magical Mystery Tour” (1967), dirigido por eles mesmos; “Yellow Submarine” (desenho animado, 1968), direção de George Duning; e “Let it Be” (1970), direção de Michael Lindsay-Hogg.

As vendagens de discos foram enormes, as excursões um sucesso, as condecorações chegavam sem parar. Milhões de fãs de todas as idades em todo o mundo geraram uma verdadeira “beatlemania”. Uma rápida aparição do grupo em qualquer lugar público produzia gritos histéricos, desmaios, cartas arremessadas e muito choro.

Crise

Crise

A crise da banda começou no final dos anos 60. John, Paul, George e Ringo não se satisfaziam com o desempenho dos Beatles nos shows. Além disso, os integrantes do grupo estavam cansados de tanto fanatismo e até de ameaças que recebiam. Em 1966 resolveram que fariam o último show nos Estados Unidos. No mesmo ano George Harrison viajou para a Índia e aprendeu a tocar cítara. John Lennon foi criticado pelo público por dizer que era mais conhecido que Jesus, O Cristo.

Em maio de 1967, Lennon declarou que os Beatles não fariam mais excursões e, em 27 de agosto, o empresário Brian Epstein foi encontrado morto em sua casa por uma overdose de drogas. A crise piorou com o fracasso de vendas de “Magical Mystery Tour”.

Em fevereiro de 1968, os Beatles viajaram para a Índia para estudar meditação transcendental com o Maharishi Mahesh Yogi. Em novembro gravaram o “Álbum Branco” e lançaram o desenho animado, “Yellow Submarine”. Ringo Starr já queria abandonar a banda.

A presença de Yoko Ono, que se tornou “o quinto Beatle” gerava incômodo ao restante do grupo. O LP “Abbey Road” foi gravado em meio a grande insatisfação.

“Let it Be”, de 1970 foi o último álbum da banda. Ainda em 1970, Paul foi à justiça para determinar oficialmente o fim dos Beatles.

Livros de Gil  DePaula – www.amazon.com.br ou www.clubedeautores.com.br > Digite Gil DePaula

Livros-de-Gil-DePaula Crônica da Família: O Vovô Marcílio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: