Últimas

“Brasil Nunca Mais”

Por Gil DePaula Há alguns anos, eu li um livro chamado “Brasil Nunca Mais”. Esse livro traz os relatos e acontecimentos, que mais marcaram os porões da ditadura. São relatos, verídicos e documentados, sobre as torturas e mortes que ocorreram durante esse período, histórias verdadeiramente chocantes dadas por quem sofreu, pela igreja e até pelos participantes do regime militar. E ...

Leia Mais »

O Feitiço do Tempo

Por Gil DePaula Eu sou aficionado por filmes, que trazem boas histórias. Há muito, tenho em minha coleção, um filme chamado “Feitiço do Tempo”, protagonizado por Bill Murray e pela bela Andie Macdowell. Não sei exatamente, o porquê de não o haver assistido. Talvez, o título dele não me empolgasse. Talvez, apenas hoje, fosse o momento para que isso acontecesse. ...

Leia Mais »

Ápice

Por Gil DePaula Minhas costelas por suas pernas enroscadas Projetam o epílogo desse capítulo amoroso Adentro sem pudores, livre e forte, másculo Entre braços que afagam minha nuca e orelhas Tua chama me alimenta e consome Pelos teus olhos submissos a me contemplar O prazer está suspenso, deixa se revelar Hirto, triunfante, regozijo, nesse instante Ávido, sou frontal, mas cubro ...

Leia Mais »

Crônica da Família: O Marido da Prima do Meu Pai

Por Gil DePaula Em 1959, meu pai abandonou as terras sergipanas, e veio para Brasília arriscar a vida na cidade nascente. No ano seguinte, eu, minha mãe e duas irmãs, que nasceram depois de mim, também viemos para o Distrito Federal, onde reunimos a família e fixamos residência na cidade-satélite de Taguatinga. Nos anos seguintes, vários parentes e amigos, tomaram ...

Leia Mais »

STF: A Suprema Vergonha de Cada Dia

Por Gil DePaula (publicado originalmente em 07/12/2018) No meu imaginário, que se mostrou utópico, a suprema corte brasileira deveria se um reduto de homens de notável sapiência, reputação ilibada e alto senso de justiça, pois sobre ela pesa as decisões da justiça proferidas em última instância que não deve ter mais nenhuma possibilidade de recurso ou apelação. Entretanto, ao longo ...

Leia Mais »

O Blues da Senhora Sem Cor

Gil DePaula Senhora sem cor, a senhora sabe quem sou eu? Senhora sem cor, a senhora conhece meus ancestrais? Sabe se eu tenho pai, mãe, irmãos, tios, amigos? A senhora sabe se ao levantar eu sorrio ou me lamento? Sabe se andei descalço, dormi na rua ou se voei como um pássaro? Senhora sem cor, eu não tenho pai, eu ...

Leia Mais »

Ensaio Sobre a Alienação

Por Gil DePaula De forma genérica, podemos definir a alienação, como a incapacidade do indivíduo de pensar por si mesmo, fugindo das armadilhas que lhe foram impostas, e que o colocam em uma caixa, de onde não consegue sair e enxergar as diversas variáveis externas e complementares, que o levaria a evolução do seu pensamento, fazendo-o, enxergar o mundo, sobre ...

Leia Mais »

Crônica de Um Peladeiro

Por Gil DePaula Escrevo esta crônica para homenagear os peladeiros do Brasil, especialmente, aos meus amigos, que não dispensam a tradicional pelada. Era meados de 1970, mais precisamente dia 21 de junho, e o Brasil acabava de sagrar-se tricampeão mundial de futebol. O ribombar de fogos de artificio, explodindo nos céus, era expressão maior da alegria vivida por um povo, ...

Leia Mais »

Entrevista de Gil DePaula Para a Radio CESB do Distrito Federal

 

Leia Mais »

Ensaio Sobre o Racismo e a Construção do Mito do Homem Inferior

Por Gil DePaula Desde os primórdios da construção da sociedade, as pessoas foram divididas em grupos, dispostos em uma hierarquia. Os níveis superiores sempre desfrutaram de privilégios e poder, enquanto os inferiores sofriam discriminação e/ou opressão. O Código de Hamurabi, talvez o conjunto de Leis mais antigo, estabelecia uma ordem hierarquia formada por homens superiores, homens comuns e escravos. As ...

Leia Mais »