Últimas do blog

Author Archives: Gil DePaula

Resposta ao Texto “Esse País Está Muito Chato”

Por Gil DePaula Na última semana, recebi de vários amigos, um texto intitulado “Esse país está muito chato”. A pessoa que o escreve começa dizendo que ao longo dos seus 62 anos, viu uma negra ser âncora de um programa televisivo e um negro fazer parte de uma trupe de humoristas pioneiros na televisão, e mais tarde, outro negro fazer ...

Leia Mais »

Ensaio Sobre a Alienação

Por Gil DePaula De forma genérica, podemos definir a alienação, como a incapacidade do indivíduo de pensar por si mesmo, fugindo das armadilhas que lhe foram impostas, e que o colocam em uma caixa, de onde não consegue sair e enxergar as diversas variáveis externas e complementares, que o levaria a evolução do seu pensamento, fazendo-o, enxergar o mundo, sobre ...

Leia Mais »

Mais Doze Beldades Brasileiras

Vários leitores do blog, por e-mail ou mensagens, reclamaram que as suas musas não entraram na primeira lista das mais belas brasileiras. Então, para atendê-los, publicamos agora uma nova relação de brasileiras belíssimas, que ficaram fora do post anterior. Com mais de 30 anos de carreira, Maitê Proença tem em seu currículo 20 novelas, sete minisséries, 19 filmes, três programas ...

Leia Mais »

Dez das Brasileiras Mais Belas de Todos os Tempos

Cristiana Reali, modelo e atriz. Nasceu em 16 de março de 1965. É filha do jornalista Reali Júnior. Tem uma sólida carreira no teatro e cinema franceses. Em 1996, substituiu a atriz Isabella Rossellini como o rosto da Lancôme, representando a marca de cosméticos em filmes publicitários em todo o mundo. Cristiana é casada com o diretor teatral Francis Huster. ...

Leia Mais »

Sobre a Comédia e os Seis Melhores Programas Brasileiros de Humor

Por Gil DePaula Sempre fui um admirador dos programas humorísticos brasileiros, e por consequência da comédia. Entretanto, sou um apreciador do humor sutil, daquele que faz uso das piadas ‘inocentes”, como foi o caso da maioria dos programas produzidos no Brasil. O teatro, sempre se atreveu a ir além desse humor que eu admiro. Seja com temas mais inteligentes, ou ...

Leia Mais »

Vírus: Bilhões Vivem em Você

Você provavelmente já ouviu falar do microbioma humano, a coleção de micro-organismos como bactérias e fungos com os quais compartilhamos nosso corpo, incluindo a pele e o microbioma intestinal. Mas o que você sabe a respeito do “viroma”? É a soma de todos os vírus em nosso corpo, encontrados em todos os tecidos, do sangue ao cérebro, e até mesmo ...

Leia Mais »

Reflexões Sobre um Casamento de 37 Anos

Por Gil DePaula Hoje, dia 10 de março, logo após acordar e enquanto esperava o café ficar pronto, resolvi acertar a data e o horário de um relógio que havia descarregado a bateria. Então, perguntei a minha esposa Yasmin, em que dia estávamos, ao que prontamente ela me respondeu: hoje é dia 10 de março, para em seguida, com um ...

Leia Mais »

O Que São Verbos Intransitivos?

O poeta nos disse que amar é verbo intransitivo. Mas o que são realmente verbos intransitivos? Veja abaixo: Verbos Intransitivos são aqueles que não necessitam de complemento porque têm sentido completo. Por esse motivo, eles conseguem formar o predicado sozinhos. Exemplos: Carmem morreu. Jordana chegou. Os verbos intransitivos são, muitas vezes, acompanhados de adjunto adverbial ou de predicativo. Exemplos: Carmem ...

Leia Mais »

Reminiscências da Alma

Por Gil DePaula   Possuo um frasco guardado no tempo Onde colhi lágrimas de saudades e ilusões Gotas de amores desperdiçados Odores nunca esquecidos Essências contidas em minutos vividos Reverbera, qual nota repicada O primeiro olhar, o primeiro toque O beijo doce não osculado Idílico, jamais reclamado Meras reminiscências, acalanto da alma Espaço e tempo se curvam O passado conjuga-se ...

Leia Mais »

Políticos: Esses Maravilhosos Canalhas

Por Gil DePaula Como afirmou Nelson Rodrigues, mais de uma vez, o canalha é uma figura de incalculável riqueza interior. Tem uma complexidade, que falta justamente ao justo, ao virtuoso, ao honrado. E vamos e venhamos: – é repousante (segundo Nelson) encontrar uma dessas criaturas que encerram toda a variadíssima sordidez da condição humana. Enquanto o canalha é difícil de ...

Leia Mais »