Humor – Piadas de Médicos

Charges e montagens reúnem críticas e apoio ao programa Mais Médicos - BOL Fotos - BOL Fotos

Hora de Se Aposentar

Hora de Se Aposentar


Um velho doutor que sempre trabalhara no meio rural, achou que tinha chegado a hora de se aposentar, após ter exercido a medicina por mais de 50 anos.
Ele encontrou um jovem médico para o seu lugar e sugeriu ao novo diplomado que o acompanhasse nas visitas domiciliares para que as pessoas se habituassem a ele progressivamente.
Na primeira casa uma mulher queixou-se que lhe doía muito o estômago.
O velho doutor respondeu-lhe:
— Sabe, a causa provável é que você abusou das frutas frescas… Por que não reduz a quantidade que consome?
Quando eles saíram da casa o jovem disse:
— O senhor nem sequer examinou aquela mulher… Como conseguiu chegar ao diagnóstico assim tão rápido?
— Oh, nem valia a pena examiná-la… Você notou que eu deixei cair o estetoscópio no chão? Quando me abaixei para apanhá-lo, notei que havia meia dúzia de cascas de mangas, um pouco verdes, no balde do lixo. É provável que isso tenha lhe causado as dores. Na próxima visita você se encarrega do exame.
— Humm! Que esperteza! Eu vou tentar empregar essa técnica.
Na casa seguinte, eles passam vários minutos a falar com uma mulher ainda jovem.
Ela queixava-se de uma grande fadiga:
— Eu me sinto completamente sem forças….
O jovem doutor disse-lhe então:
— Você deu provavelmente muito de si para a igreja… Se reduzir essa atividade, talvez recupere um pouco de sua energia.
Assim que deixaram aquela casa, o velho doutor questionou o novato:
— O seu diagnóstico surpreendeu-me… Como é que chegou à conclusão de que aquela mulher se dava de corpo e alma aos trabalhos religiosos?
— Eu apliquei a mesma técnica que o senhor me indicou: deixei cair o meu estetoscópio e, quando me abaixei para o apanhar, vi o padre debaixo da cama!

Dilema

Dilema


Ele chega em casa, tira o jaleco branco e senta-se no sofá, pensativo. Uma vozinha que existe dentro de sua consciência lhe diz:
— Doutor José! Fazer sexo com pacientes não é correto nem ético.
Outra vozinha interna, do outro lado, tenta amenizar:
— Não se preocupe com isso, Doutor José, você não é o primeiro a transar com um paciente e, certamente não será o último.
No que a primeira voz retruca irritada e gritando:
— Droga, José! Se manca… Você é veterinário!

Futebol

Futebol


Dois amigos se encontram:
— Rapaz, você parece preocupado.
— Sim, e estou muito — responde o outro. — O meu médico disse que eu não posso mais jogar futebol.
— Sério? Ele te examinou?
— Não, ele me viu jogando.

Perna maior

Perna maior


O homem pergunta ao médico:
— Doutor, eu manco porque tenho uma perna maior que a outra. O que o senhor faria nesse caso?
— Bem, provavelmente, eu mancaria também!

A Anã

A Anã


Uma anã vai a uma consulta ginecológica. O médico pergunta em que podia ajudar.
— Bem doutor… Na verdade não sei como dizer… Mas cada vez que chove a minha vagina dói.
— Dói? Mas como?
— Ah, doutor, ela dói, arde, fica avermelhada…
— Bem. Suba na cama ginecológica que eu vou examiná-la.
O médico observa atentamente e diz-lhe:
— Na verdade não encontro nada de anormal… Mas como é a dor?
— É uma dor muito intensa. O interessante é que sinto somente quando chove…
— Bem, lhe recomendaria que venha num dia de chuva, assim posso fazer um diagnóstico mais preciso.
Passam-se 15 dias e numa tarde chuvosa aparece no consultório novamente a anã.
— Ai, doutor. Não aguento mais de dor! Hoje, que está chovendo, está doendo muito novamente!
O médico olha e manda-a deitar-se na cama ginecológica. Coloca um lençol entre as pernas, agarra uma tesoura e começa a trabalhar.
Depois de cinco minutos diz-lhe para descer da maca:
— Como se sente?
A anã caminha um pouco e diz:
— Estou muito bem doutor, já não sinto nada. O que é que o senhor fez?
— Nada de mais, só cortei um pouco o cano das botas de borracha.

Duas Vezes Por Semana

Duas Vezes Por Semana


O médico da família consulta o Senhor Antônio.
— Senhor Antônio, quantas vezes por semana o senhor faz sexo com sua esposa?
— Duas vezes, doutor!
— Duas? Mas outro dia a sua esposa esteve aqui e disse que fazia sexo de dez a quinze vezes por semana!
— Sim, mas é só até a gente terminar de pagar o apartamento.

O Nome

O Nome


Num hospital lotado, o médico do SUS chama por um dos seus pacientes:
— Ulton da Silva!
Nada do paciente se manifestar…
— Ulton, por favor, Ulton, sua vez!
Nada ainda. Depois de uns 10 minutos, e já sem paciência, o médico grita irritado:
— Ulton da Silva!!!
De repente, levanta uma senhora e diz:
— Tem que falar o L doutor… U-ele-ton!

Crescendo Muito

Crescendo Muito


Quando João percebeu que seu pênis estava crescendo a cada dia, ficou muito contente, bem como sua esposa. Mas algumas semanas depois seu pinto havia crescido quase meio metro. Preocupado, o casal procurou um urologista.
Após um pré-exame, o médico explicou que, embora raro, o problema de João poderia ser curado com uma pequena cirurgia corretiva.
— Por quanto tempo meu amor vai ficar de muletas, doutor? — pergunta a mulher ansiosamente.
— Muletas? Por que ele iria precisar de muletas? — pergunta surpreso o médico.
— Ora, disse a mulher, o senhor vai aumentar as pernas dele, não vai?

A Orelha

A Orelha


Um senhor de 80 anos entra na sala de espera superlotada de um consultório médico.
Quando ele se aproxima da mesa da recepção, a mocinha indaga:
— Pois não, senhor, qual é o seu problema?
— Bem, tem alguma coisa errada com meu pênis…
A recepcionista se irrita:
— O senhor não devia dizer uma coisa dessas numa sala de espera tão cheia!
— Por que não? Você me perguntou o que havia de errado e eu respondi!
— Mas desse jeito o senhor causa embaraço aos presentes! O senhor devia ter dito que está com um problema na orelha ou qualquer coisa assim e depois explicar para o médico, lá dentro do consultório.
O homem se retira da sala, espera alguns instantes e entra de novo.
A recepcionista sorri e pergunta:
— Qual é o seu problema?
— Tem alguma coisa errada com a minha orelha…
A recepcionista faz um aceno de aprovação e sorri triunfante, saboreando o momento:
— E o que está errado com a sua orelha, senhor?
— Não consigo mijar.

Remédio Para Prisão de Ventre

Remédio Para Prisão de Ventre


O sujeito está com uma tremenda prisão de ventre e vai comprar remédio na farmácia.
— Tem aqui um remédio que é tiro e queda — diz o farmacêutico. — Posso preparar uma dose para o senhor, mas vou lembrando logo: ele é altamente eficaz.
— É esse que eu quero — diz o doente.
— Qual a distância até a sua casa?
— São uns 500 metros de distância, mais ou menos.
— Mais ou menos, não. Tenho que saber a distância exata, porque se a dosagem for maior que o necessário, já sabe o que acontece, né?
— Bom, daqui até a calçada são 10 metros, a rua tem 15 metros de largura, somando dá 25 metros. Mais…
O sujeito faz as contas e finaliza:
— São 550 metros até o banheiro lá de casa.
— Muito bem. São 55 gotas.
O farmacêutico prepara uma dose, o sujeito bebe e vai embora. No outro dia, ele volta à farmácia.
— E aí? Como é que foi? — pergunta o farmacêutico.
— Errei por 42 metros.

Tenso Para a Cirurgia

Tenso Para a Cirurgia


O homem está no apartamento do hospital esperando a hora de entrar na sala de cirurgia. Sua mulher chega para conversar com ele. Ela sente que o marido está muito tenso.
— O que houve? — pergunta ela.
— Estou muito preocupado. É que o médico que vai fazer a cirurgia e a enfermeira-chefe estiveram aqui ainda há pouco. Durante todo tempo a enfermeira dizia coisas como “Não fique assim”, “O que aconteceu de ruim das outras vezes não vai se repetir hoje”, “Foi o destino que quis assim”, “Essa cirurgia vai ser diferente”, “Dessa vez vai dar tudo certo”, “Faça pensamento positivo”…
— Você devia era agradecer a ela por estar lhe dando força, por demonstrar confiança.
— É, mas ela estava falando era com o médico.

Livros de Gil  DePaula – www.amazon.com.br ou www.clubedeautores.com.br > Digite Gil DePaula

Livros-de-Gil-DePaula Crônica da Família: O Vovô Marcílio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: