Últimas do blog

Elíptico: O Que é? Para Que Serve? Vale a Pena Comprar?

ELIP Elíptico: O Que é? Para Que Serve? Vale a Pena Comprar?

Você conhece o Elíptico? Talvez você ainda não conheça esse equipamento para exercício cardiovascular (ou aeróbico), que ganhou muito espaço e ultrapassou a famosa esteira, no ranking dos mais vendidos. Esse post será de seu interesse, se você pretender comprar um equipamento cardio. também servirá  para simples conhecimento.

O que é
O Elíptico tem esse nome porque seus pedais fazem um movimento de elipse. Alguns dizem que é uma mistura dos movimentos da esteira, da bicicleta e do stepper. Talvez a melhor definição, seja um simulador de caminhadas sem impacto, mas ele está muito além daquele tipo de equipamento que o mercado chama de simulador de caminhada, mas que não possui nenhum estudo de biomecânica e nem simula verdadeiramente uma caminhada. Sabe aquele que a perna fica indo pra frente e para trás? Não recomendo.

O Elíptico possui uma roda de inércia que orienta as passadas, conforme o usuário se movimenta. Como os pés se mantêm nos pedais, a caminhada, ou corrida dependendo da velocidade, ocorre sem nenhum impacto, sendo essa a maior vantagem do aparelho. É recomendado por alguns médicos para pessoas que possuem problema nos joelhos e por personal trainers para que pessoas que correm, alternem seus treinos sem sobrecarga ou para que tenham estímulos diferentes para os mesmos músculos e fortalecimento de outros músculos.

Além do movimento já descrito, o elíptico possui braços, que podem proporcionar um trabalho de membros superiores simultaneamente aos inferiores, mas que não é obrigatório. Essa é outra vantagem do equipamento, que também permite aumentar a intensidade do exercício e proporcionar um treino com grande ganho de resistência e alto índice de queima calórica. Está querendo queimar gordura? O elíptico é uma ótima opção!

ProMaster_E12i__28010_zoom Elíptico: O Que é? Para Que Serve? Vale a Pena Comprar?

Como escolher o melhor modelo
Existe certa polêmica sobre a posição da roda, pois existem modelos com a roda na frente e outros com a roda atrás. No mercado brasileiro, você encontrará os modelos mais econômicos e compactos com a roda atrás. Esses modelos tem a passada curta, já que o movimento de elipse é proporcional ao tamanho da roda. Já os modelos um pouco maiores, com a roda na frente, possuem um movimento com maior amplitude, o que torna o exercício mais confortável. E os poucos modelos maiores com roda atrás que experimentei, possuem um movimento diferente e nada confortável, em minha opinião.

A principal diferença entre os de roda na frente e atrás, você sente caminhando ou observando uma pessoa em cada um. Em um modelo com a roda na frente, o trabalho dos membros inferiores é isolado e você pode observar um usuário como se estivesse caminhando sem sair do lugar, movimentando apenas as pernas. Já na opção com roda atrás, é visível a movimentação vertical do usuário, como se estivesse subindo e descendo, o que gera um pequeno (ou grande dependendo do modelo) tranco na descida. Se você experimentar os dois, talvez sinta uma diferença semelhante à de um 1.0 mecânico sem direção para um 2.0 automático com direção hidráulica.

Se o seu orçamento permitir, provavelmente escolherá o “2.0”. Nesse caso, o ponto mais importante é o tamanho da passada. Quanto maior a passada, maior a sensação de uma caminhada natural e consequentemente maior o conforto, principalmente para os mais altos. A passada ideal tem 50 cm de amplitude e isso não necessariamente significa que o elíptico será maior, já existem modelos com 50 cm menores do que outros com 40 cm de amplitude da passada.

eliptico Elíptico: O Que é? Para Que Serve? Vale a Pena Comprar?

Se você procura um equipamento compacto para ocupar pouco espaço, pondere o custo benefício, muitas vezes um equipamento um pouquinho maior é infinitamente melhor e isso pode fazer toda diferença na motivação para se exercitar. Essa dica vale também para as esteiras e outros equipamentos.

Outro detalhe relevante é o tipo de controle da resistência, que pode ser manual ou elétrico. Nesse último, você pode aumentar ou diminuir a intensidade do exercício pelo painel e geralmente possui programas.

E por último, vale a pena verificar a necessidade de alimentação elétrica ou baterias. Já existem modelos ecologicamente corretos, com gerador próprio, que além de dispensar energia, dispensam a preocupação com tomadas no local.

Além dos benefícios já citados, o elíptico ainda requer pouquíssima manutenção, tendo como cuidado básico apenas limpeza. Além de tudo isso, se comparado ao mesmo nível de produtos, ele é mais barato que uma esteira, o que torna esse equipamento uma ótima escolha no custo benefício. Se ainda não experimentou um, experimente!

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: